Mestre Veterano

Sejam bem vindos, caros leitores, ao blog desse narrador veterano  de rpg  .Resolvi expor a minha  experiencia como mestre , narro a mais de 10 anos  e sou leitor compulsivo de tudo referente a o hobby .

Conheci o rpg em 1999 , em uma manha de domingo .Como era comum nos finais de semana fui visitar os familiares , quando no comércio da minha avó o meu primo vira-se para mim e diz : "- Vamos jogar rpg?" .Fiquei curioso e perguntei como funcionava.Ele tentou me explicar,várias vezes  , não entendi nada , o conceito era muito alienigena para a minha cabeça , na epoca eu  tinha 14 anos .

Falar não foi suficiente e estava marcado dele e um grupo de conhecidos jogarem. Foram para o apartamento de um amigo.Estavam jogando o           sistema 3D&T, a primeira edição, e o cenário era pokemon.Foi fantástico , na epoca  estava no auge das criaturinhas, e eu ainda um adolescente ávido por video games , desenhos e novidades.Foi amor a primeira FICHA , fiquei maravilhado com o conceito na prática, que antes não fazia sentido algum . Ao rolar os meus primeiros   dados fiz uma descoberta que me deixou admirado por semanas o que me fez procurar por mais informações,mais material e levar isso para o máximo de amigos possível!Parecia um vírus , a euforia passava de um para o outro através dos dados e todos queriam cada vez mais.

Desde então, sou um rpgista que narrou praticamente 95% e jogou 5% .Eu sempre narrava por ter sido o pioneiro a conhecer  e acabei pegando mais experiencia que os outros porque sempre lia tudo , acabei me expressando melhor , sendo mais criativo e esboçando ate certas caracteristicas de lider.Tudo foi acontecendo aos poucos , na epoca o acesso a internet era muito mais dificil e só contavamos com publicaçoes impressas e nisso a Dragão Brasil foi uma grande inspiradora .Procurava sempre ler as novas e  velhas edições .
-"Quem é o mestre?"

Hoje narro esporadicamente e jogo menos ainda, mas tenho muito mais opções que outrora .Na rede já temos bastante material sobre o assunto , porém dada a minha experiencia no passado ,sei que divesidade de informações sempre é boa.

A taverna do naldo  está aberta 24 horas para vocês , não importa a sua raça , reino ou plano , todos são bem vindos.



Tirinhas de humor RPG

16 comentários:

  1. Mano, parabéns! Por que vida de narrador é muito tensa... Jogo, melhor, mestro desde os 12 anos, já que não tive muita escolha e é bem assim, 95% contra 5%, mas é divertido e valhe a pena. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Teller ,seja bem vindo ao blog.Eu também não tive muita escolha ,sou narrador desde cedo por falta de opção,mas não reclamo ,gosto de narrar , vale sim ,muito a pena !E vejo como estamos ficando velhos hehehe eu narro desde 1999, a quanto tempo!mas é isso mesmo,perde-se em juventude,mas ganha-se em experiência.Abraço e sucesso decisivos para você!

      Excluir
  2. prociuro grupo de rpg em guaianasese urgente!!! guaianases - sp

    ResponderExcluir
  3. Cara me orgulho em dizer que a minha história é bem parecida com a sua ... Salvo a diferença que eu não conhecia nenhum jogador na minha cidade, nada, e realmente não tinha acesso aos livros e tudo mais, a Dragão Brasil foi o começo de tudo, tanto que para o meu primeiro jogo criei um sistema, muito baseado ainda em jogos eletrônicos da época, mas que com o tempo fui refinando e refinando e hoje esta em processo de finalização, 10 anos de trabalho e o Sistema, cenário, tudo, está próximo a tomar uma forma real e palpável. Narro sempre e tenho sorte de agora ter vários mestres dispostos a dividir o fardo comigo. Ultimamente venho conhecendo na prática o D&D 4.0 e tá tudo "lindo". Narrei 3d&t por muitos anos, assim como DAEMON, STORYTELLER, passei por Gurps, ARS Mágica, PARANÓIA! Nossa, saudades de muitas coisas, mas os dados agora sempre rolam e sou muito feliz em dizer que sou um Mestre, e ainda por cima VETERANO! _ Jack Carvalho-Cachoeiro de Itapemirim - ES

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa...muito bom Jack, a nossa história é parecida com a de milhares de outros rpgistas Brasil a fora, muito bom saber disso, obrigado pelo comentário e sucessos decisivos para você!!!

      Excluir
  4. Gostei da iniciativa (BLOG) Mestre Veterano.

    Somos "farinha do mesmo saco" vida de mestre não é fácil.

    Pensei até em criar um blog estilo A M A (Associação dos Mestres Anônimos), para falarmos de mestre pra mestre oque se passa na nossas mesas, coisa que jogador nunca vai entender.Mas estou sem tempo para escrever. O engraçado é que a ideia surgiu quando em um domingo um dos jogadores perguntou, "Hoje vai ter futebol ou RPG?",e o outro me responde "Futebol não da XP", na hora me veio a cabeça, não tem XP pro mestre, oque me faz preferir Narrar a ir pro futebol.

    Pode me responder mestre veterano? É provável que todo mestre entre em consenso nessa resposta.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendi especificamente qual foi a pergunta? rsrs
      Valeu cara, a sua ideia é interessante, manda ver! xD

      Excluir
    2. A pergunta é. Se oque move o jogadores nas campanhas é a XP e os tesouros a fama e glória, o que nos move sendo mestres?

      Já me perguntaram , só respondi que gosto do que faço.

      Excluir
    3. Um comentário bastante pertinente e que vale a pena refletir...hum...

      Excluir
    4. Parafraseando um colega Mestre: "Porque nesse momento eu sou deus, muhuhuahuahua" <- ate rir assim ele riu.
      Mas acho que q oportunidade de por alguma história ou ate mesmo apresentar sua visão de mundo, ditar as regras de seu próprio mundo, ja recompensa o bastante para um mestre.

      Excluir
  5. Salve salve, Mestre Veterano. Apesar de jogar rpg a bastante tempo, desde 1998, mas as poucas experiencias que tive mestrando não foram muito boas pois, como meu grupo sempre foi de jogadores experientes, eu acabava tendo problemas sérios com disciplina.
    Agora estou montando um grupo novo, apenas de marinheiros de primeira viagem, então estou me esforçando para criar uma história envolvente e que prenda a atenção desses jogadores. Vou aproveitar o Pathfinder do D&D para montar a campanha.
    Desde ja peço conselhos aos Mestres, se devo fazer mini aventuras com os personagens ate que cheguem ao ponto de encontro (Baldurs Gate) ou se inicio a aventura ja na cidade e reuno os personagens gerando um pequeno evento no meio do grupo ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. na verdade isso depende de você, da história que você criou e dos seus jogadores e do tipo de história que você quer contar =D

      Complicado narrar para veteranos hehehe, mas é assim mesmo

      Excluir
    2. Estou trabalhando uma história orquestrada por uma trindade de vilões (um ja faz parte do background de um jogador) mas meu problema principal é que como serão 5 ou 6 personagens (o ultimo ainda não confirmou), acredito que farei duas mini-quest para os dois grupos (parte do grupo vem pelo norte e a outra pelo sul), que ira levá-los ate uma tavena especifica em Baldurs, talvez assim fique mais facil reunir como grupo para um objetivo comum (ou proximo disso).

      Excluir
  6. Rapaz, acho que você pode me ajudar. Meu esposo joga rpg faz um tempo. Quando o conheci ele já jogava, sendo que eu sempre quis aprender. O problema é que os componentes do grupo que ele joga já são bem experientes e não aceitam a idéia de jogar aventuras nível baixo para que eu possa aprender e tal. Então, por onde você acha que devo começar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O seu marido poderia narrar só para você pegando do básico. Ou você mesmo pode chamar outras pessoas interessadas e inicia-las no jogo, sendo você mesma a narradora. Você já leu alguma aventura pronta?

      Excluir

Complementando a leitura

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...